Como Riscos Emergentes Podem Afetar as Estratégias de Negócios na Logística?

Anteriormente, mencionamos que a Logística 4.0, IoT, LGPD, GDPR, Comércio Eletrônico e Ataques Cibernéticos são apenas algumas das implicações relacionadas ao transporte de carga.

Operadores logísticos deverão preparar-se para lidar com avanços tecnológicos, e a análise de dados (“Big Data”) irá desempenhar um papel importante, tanto na eficiência operacional e previsão de demanda, assim como as tendências de aumento da robotização.

Em terminais de container, os sistemas de gerenciamento de carga, descarga e pátio passaram a cumprir missão crítica para atingir os níveis de eficiência e escala exigidos para essas operações. Entretanto, os exemplos de ataques cibernéticos de grande repercussão se repetem.

Armadores deverão continuar a busca por eficiência em seus navios, incluindo ganhos derivados de sistemas de controle automático ainda mais extensos e autônomos. O curioso é que as mesmas inovações que contribuirão para mudar a dinâmica dos processos logísticos podem ajudar no estabelecimento um novo patamar de riscos.

O aproveitamento de oportunidades exigirá analise aguçada dos Riscos Emergentes e implicações em toda cadeia logística, incluindo interdependência de operações e potenciais interrupção de negócios e lucros cessantes associados.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked (required)